WhatsApp da Agência CWS

Principais estatísticas do e-commerce no Brasil

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o ecommerce brasileiro teve um boom como nunca antes visto. Somente em 2020, foram mais de 300 milhões de pedidos e faturamente recorde, muito como consequência do isolamento social. Agora, em 2021, podemos afirmar que tal fenômeno não foi somente um crescimento isolado. Quem não vendia online teve de correr para se adaptar ao “novo normal”, pois o aumento sentido em 2020 provou que veio para ficar.

Venha conosco do Blog Agência CWS para saber as principais estatísticas do ecommerce no Brasil. Todos os dados publicados neste artigo foram levantados pela PayPal e Neotrust, esta última responsável por análise de dados e relatórios especializados no commerce brasileiro. Confira:

301 milhões de compras online realizadas em 2020

Isso significa um aumento de 68,5% em comparação a 2019. Com isso, o faturamento também cresceu: a receita gerada foi de R$ 126,3 bilhões, um aumento de 68,1% em relação a 2019.

As regiões com o maior volume de compras online:

– Sudeste (64,8%)
– Nordeste (14%)
– Sul (13,6%)
– Centro-Oeste (5,6%)
– Norte (2%)

Idade média dos consumidores foi de 37 anos

Já por grupos de consumidores por idade, entre 36 e 50 anos representou 33,6% dos pedidos feitos, seguido por:

– Grupo de 26 a 35 anos: 33,2% dos pedidos feitos
– Grupo de até 25 anos: 18,9% dos pedidos
– Grupo com mais de 51 anos: 14,3% dos pedidos

As mulheres são as que mais compram online (57,3% dos pedidos). Já os homens ficaram com 42,7%.

Número de lojas virtuais cresceu 40%

Aqui entra mais um reflexo direto da pandemia do novo coronavírus. Se em agosto de 2019, o país somava 930 mil negócios online, esse número atingiu 1,3 milhão somente um ano depois, representando um aumento de 40%.

20,2 milhões de novos consumidores

Essa estatística, por si só, é impressionante. Não somente o ecommerce brasileiros ganhou 20,2 milhõs de novos consumidores, mas a frequência de compra subiu de 6 para 7 pedidos por consumidor, com um gasto médio de R$ 2.618 ao longo do ano.

Produtos mais procurados pelos consumidores

– Moda e acessórios (19,9%)
– Beleza, perfumaria e saúde (14,4%)
– Entretenimento (12,8%)

Esperamos que este artigo seja sido útil a você, querido(a) leitor(a). Semana que vem estaremos de volta. Deixe o seu comentário ou pitaco, o seu feedback é muito importante para nós. Até a próxima!

Sobre a Agência CWS

Contamos com as melhores soluções em: Criação de Sites, divulgação em Redes Sociais e Google Adwords, Manutenção de Websites, Fotografia, desenvolvimento de E-Commerce e criação de conteúdo escrito para blogs. Solicite um orçamento hoje mesmo clicando no botão abaixo e seja atendido(a) rapidamente por um de nossos atendentes:

[button text="Solicite um Orçamento CWS" radius="10" link="https://agenciacws.com.br/orcamento/" target="_blank"]

Deixe um comentário